O espaço da História

Breves

cronicas3   

Pode adquirir o livro
"Crónica da regência e do reinado de D. João I",
nas seguintes lojas online:
   bertrand2wook2
    almedina2
   

1916 Cronologia

Janeiro

01 - Iaundé, nos Camarões, é conquistada pelas forças britânicas do General Dobell. / O Rei da Sérvia, Pedro I, chega a Salonica. / Manifestações contra os preços dos bens alimentares, na Áustria-Hungria.

04 - Início da primeira tentativa para libertar Kut, na Mesopotâmia, cercada pelas forças otomanas desde 7 de dezembro de 1915.

06 - O navio britânico H.M.S. King Edward VII é afundado por uma mina ao largo da costa norte da Escócia. / Início da Batalha de Sheikh Sa'ad, Mesopotâmia (até 8 de janeiro).

07 - Início da evacuação do Cabo Helles, na Península de Gallipoli.

08 - Completada a evacuação do Cabo Helles. Fim da Campanha de Gallipoli. / Fim da Batalha de Sheikh Sa'ad, Mesopotâmia (desde 6 de janeiro). Insucesso das forças britânicas sobre as forças otomanas.

10 - Os Governos da Entente informam o Governo grego sobre a proposta de transferir o exército sérvio para Corfu. / Monte Lovćen, no Montenegro, é ocupado por forças austríacas. / O General Sir A. J. Murray assume o comando da Força Expedicionária Egípcia. / Início da ofensiva russa sobre a cidade turca de Erzurum. Terminou a 16 de fevereiro.

11 - Corfu é ocupada por forças francesas.

12 - Concluído um armistício entre o Montenegro e a Áustria.

13 - Cetinje, no Montenegro, é ocupada pelas forças austríacas. / A cidade persa de Quermanxá é ocupada pelas forças turcas. / Batalha de Wadi, Mesopotâmia. Vitória limitada das forças britânicas sobre as forças turcas, mas com pesadas baixas.

14 - O Tenente-general Sir Percy Lake é nomeado Comandante-em-Chefe das forças britânicas na Mesopotâmia.

15 - O navio britânico S.S. Appam é capturado pelo SMS Möwe, alemão. / Primeiras tropas sérvias desembarcam em Corfu. / O Governo sérvio é transferido para Brindisi, Itália. / Pedro I da Sérvia deixa Salonica em direção a Aidipsos.

16 - O General Sarrail assume o comando das forças dos Aliados em Salonica.

17 - Keupri-Keui, na Arménia, capturada novamente pelas forças russas. / Pedro I da Sérvia chega a Aidipsos.

19 - O Tenente-general Sir Percy Lake assume o comando das forças britânicas na Mesopotâmia. Substitui o General Nixon.

20 - Fracasso das negociações entre a Áustria e o Montenegro. Cessa o armistício.

21 - Fracasso da primeira tentativa para libertar Kut.

22 - Antivari (atualmente Bar), no Montenegro, ocupada pelas forças austríacas. / O Governo da Roménia inicia negociações com o Governo russo, tendo em vista a assistência militar.

23 - Scutari (Escodra), na Albânia, ocupada pelas forças austríacas. / Podgoritza, no Montenegro, ocupada pelas forças austríacas.

24 - O Military Service Act 1916, que impõe o serviço militar obrigatório, é aprovado na Câmara dos Comuns do Parlamento do Reino Unido.

25 - San Giovanni di Medua (hoje Shëngjin), na Albânia, é capturada pelas forças austríacas.

29 - Ataque aéreo a Paris efetuado por um dirigível alemão.

31 - Ataque aéreo a Inglaterra efetuado por dirigíveis alemães.

Fevereiro

02 - Elbasani, na Albânia, tomada por forças búlgaras. / O dirigível alemão L-19 naufraga no Mar do Norte.

08 - O Governo britânico requer apoio naval do Japão. / O cruzador francês Amiral Charner é afundado por um submarino ao largo da costa síria.

09 - O Governo da Sérvia estabelece-se em Corfu. / A canhoneira alemã Hedwig von Wissman é afundada pelos H.M.S. Mimi e H.M.S. Fifi.

10 - O Military Service Act 1916 entra em vigor no Reino Unido. / O Governo alemão envia uma nota ao Governo dos Estados Unidos da América informando que os navios mercantes armados, mesmo que defensivamente, serão tratados como beligerantes a partir do dia 1 de março.

12 - Início de ataque russo a Erzurum, na Turquia.

13 - Os Governos da Entente notificam o Governo grego de que irão transferir o exército montenegrino para Corfu.

14 - As Potências da Entente declaram garantir a futura independência da Bélgica e as devidas reparações.

15 - Acordos concluídos entre o Governo britânico e os chefes do povo Bakhtiari, na Pérsia, para cooperação na proteção dos campos de petróleo da região.

16 - Forças russas conquistam Erzurum, na Turquia. Ofensiva tinha começado a 10 de janeiro. / Últimas forças do exército montenegrino desembarcam em Corfu. / O War Office assume a responsabilidade da defesa antiaérea do território do Reino Unido, antes assumida pelo Admiralty. / O War Office assumiu o controlo das operações na Mesopotâmia, até aí sob controlo do India Office.

17 - Quios, ilha grega no Mar Egeu, ocupada por forças britânicas. / Berati, na Albânia, ocupada por forças austríacas. / As últimas forças alemãs no sul dos Camarões atravessam a fronteira e entram na Guiné Equatorial, então território espanhol.

18 - Muş, na Turquia, ocupada pelas forças russas. / Mora, nos Camarões, o último posto alemão naquele território, rende-se aos britânicos. Completada a conquista daquela colónia alemã pelas forças da Entente.

19 - O Major-general Michael Tighe é substituído pelo Tenente-general Jan Smuts no comando das forças britânicas na África Oriental.

21 - Início da Batalha de Verdun, Frente Ocidental, França. Terminou a 18 de dezembro. / O dirigível alemão LZ-77 é abatido por fogo de espingarda sobre Revigny. / O Governo alemão corrigiu a nota enviada ao Governo dos Estados Unidos da América, de 10 de fevereiro, e estabeleceu que, a partir desta data, os navios mercantes armados defensivamente seriam considerados navios de cruzeiro.

23 - Portugal apodera-se dos navios alemães fundeados no Tejo.

25 - Fort Douaumont, Verdun, atacado pelas forças alemãs.

26 - Alemães capturam Forte Douaumont, no âmbito da Batalha de Verdun (21 fev - 18 dez). / Forças Senussi são derrotadas por forças britânicas no Egito Ocidental. / Forças russas ocupam Quermanxá, na Pérsia Ocidental.

27 - Durazo, na Albânia, é capturada por forças austríacas.

28 - Formado o núcleo de um esquadrão aéreo britânico destinado a bombardear os centros industriais alemães. / O Governo Provisório da Albânia estabelece-se em Nápoles, Itália.

Março

01 - Início da campanha alemã de guerra submarina alargada.

02 - Bitlis, na Turquia, ocupada pelas forças russas.

03 - Estabelecido um acordo entre a França e o Reino Unido para a administração provisória dos Camarões.

04 - Forças russas desembarcam em Atina para atacarem Trebizonda.

05 - Início do Avanço britânico na região do Quilimanjaro, África Oriental.

08 - Segunda tentativa para libertar Kut, Mesopotâmia. A força de socorro britânica foi repelida na Batalha de Dujaila.

09 - Início da Quinta Batalha do Isonzo, Norte de Itália (até 15 de março). / A Alemanha declara guerra a Portugal.

10 - Taveta, na África Oriental, ocupada por forças britânicas.

11 - Batalha de Latema Nek, África Oriental (até 12 de março). Vitória britânica sobre as forças alemãs.

12 - Forças russas ocupam Kerend-e Gharb, na Pérsia Oriental. / Conferência militar dos Aliados em Chantilly, França, preparatória de uma ofensiva de verão na Frente Ocidental.

13 - Moshi, na África Oriental Alemã, é ocupada por forças britânicas.

14 - O Almirante alemão Alfred von Tirpitz, Ministro da Marinha desde 1897, demite-se.

15 - A Áustria-Hungria corta relações diplomáticas e declara guerra a Portugal. / O Almirante Eduard von Capelle é nomeado Ministro da Marinha Alemã, em substituição do Almirante Tirpitz. / António José de Almeida sucede a Afonso Costa como Primeiro Ministro do Governo português. / Termina a Quinta Batalha do Isonzo (desde 9 de março) que se traduziu em mais um fracasso da ofensiva italiana.

16 - Forças do Sudão avançam sobre o Darfur. / O General Roques sucede ao General Gallieni no cargo de Ministro da Guerra francês.

18 - Início da Ofensiva do Lago Naroch, na atual Bielorrússia, lançada pelas forças russas, contra as forças alemãs. Prolongou-se até 30 de março e terminou com uma vitória alemã.

22 - O General Yuan Shikai desiste da posição de Imperador da China.

24 - O navio britânico S.S.  Sussex é torpedeado por um submarino alemão no Canal da Mancha.

26 - Início da Conferência Interaliada em Paris (até 28 de março). Declaração de unidade entre Bélgica, França, Reino Unido, Itália, Japão, Portugal, Rússia e Sérvia, respeitante aos assuntos militares, económicos e diplomáticos.

29 - O Ministro da Guerra russo, General Polivanov, demite-se e é substituído pelo General Shuvaev.

30 - O navio hospital russo Portugal é afundado por um submarino alemão no Mar Negro.

31 - Ataque aéreo alemão, com dirigíveis, sobre Inglaterra. O dirigível L-15 foi abatido perto da foz do rio Tamisa. 

Abril

01 - Início da terceira tentativa para libertar Kut, Mesopotâmia.

03 - O Governo grego recusa autorizar a passagem por via terrestre das tropas sérvias de Corfu para Salonica.

04 - O General Brusilov é nomeado comandante dos Exércitos Russos do Sul.

06 - Início do ataque russo a Trebizonda (até 17 de abril).

11 - Quionga, na África Oriental Alemã, ocupada por forças portuguesas.

14 - Constantinopla (atual Istambul) e Adrianópolis (atual Edirna) são bombardeadas por aviões da Royal Naval Air Service, sediados em Mudros.

15 - O Quartel-General do Exército Sérvio desembarca em Salónica.

16 - Ratificado o tratado secreto entre o Reino Unido e a França, conhecido como Acordo Sykes–Picot.

17 - Início do ataque britânico a Kondoa Irangi, no decorrer da Campanha da África Oriental. / Forças russas apoderam-se de Trebizonda, Turquia, Ásia Menor. / O Governo italiano decreta a proibição de comércio com a Alemanha.

19 - Kondoa Irangi, na África Oriental Alemã, é tomada por forças britânicas. / Morre o Generalfeldmarschall Colmar Freiherr von der Goltz.

20 - Tropas russas vindas do Extremo Oriente chegam a Marselha. / Roger Casement desembarca na Irlanda a partir de um submarino alemão.

24 - Início da Revolta da Páscoa, na Irlanda. / Fim da tentativa para socorrer Kut. A Royal Navy inicia a colocação de barragens na costa belga.

25 - Lowestoft e Yarmouth atacadas por um esquadrão naval alemão.

26 - Assinado em Berlim um acordo entre a Alemanha e o Reino Unido para a transferência de prisioneiros de guerra doentes e feridos, alemães e britânicos, para a Suíça.

27 - Lei marcial proclamada na Irlanda.

29 - Capitulação de Kut, Mesopotâmia, perante as forças turcas. / Declaração de Havre assinada pelo Reino Unido, França, Itália, Japão e Rússia, garantindo a integridade do Congo Belga. / Colapso da Revolta da Páscoa, Irlanda.

Maio

03 - Executados três líderes rebeldes irlandeses.

04 - O dirigível alemão L-7 é destruído ao largo da costa de Schleswig.

05 - O dirigível alemão L.Z.-85 é abatido pelo fogo das tropas britânicas em Salonica.

07 - O Governo sérvio estabelece-se em Salonica.

09 - Os Governos britânico e francês ratificam o Acordo Sykes-Picot.

13 - Assinado em Londres um acordo entre a Alemanha e o Reino Unido para a transferência de prisioneiros de guerra doentes e feridos, alemães e britânicos, para a Suíça.

15 - Ofensiva austríaca no Tentrino, Itália (até 10 de junho). / Bloqueio aliado da costa de Hejaz para apoiar a revolta do Xarife de Meca. / Forças russas ocupam Rauandiz, no atual Iraque. / Forças russas ocupam Khanaqin, no atual Iraque.

16 - A Câmara dos Comuns, no Reino Unido, aprova a segunda lei do serviço militar que alarga a obrigatoriedade do serviço aos homens casados.

18 - Destacamento de cossacos das forças russas na Pérsia Ocidental estabelecem ligação com forças britânicas ao longo do Rio Tigre, Mesopotâmia.

23 - Forças do Sudão ocupam El Fasher, capital do Darfur.

25 - Início do avanço britânico sobre a África Oriental Alemã a partir da Rodésia do Norte e Niassalândia. / Entra em vigor a segunda lei do serviço militar obrigatório no Reino Unido.  O Governo grego, em Atenas, permitiu a rendição da Fortaleza de Rupel aos alemães e aos seus aliados búlgaros como contrapeso às forças Aliadas que se estabeleceram em Salonica.

26 - Forças alemãs e búlgaras ocupam a Fortaleza de Rupel.

27 - Forças britânicas ocupam Neu Langenburg (hoje Tukuyu) na África Oriental Alemã (Tanzânia).

31 - Início da Batalha da Jutlândia (até 1 de junho). Batalha naval entre as frotas da Alemanha e do Reino Unido, de resultado inconclusivo embora ambas as partes tenham declarado vitória.

Junho

02 - Batalha de Monte Sorrel (até 13 de junho). Ofensiva alemã no saliente de Ypres. / Forte Vaux, Verdun, atacado pelas forças alemãs.

04 - Início da Ofensiva Brusilov (até 20 de setembro).

05 - Morte do Secretário de Estado para a Guerra britânico, Field Marshal Horatio Herbert Kitchener, no Mar Báltico. / Início da ofensiva turca na Pérsia Oriental. As forças russas evacuam Khanaqin.

06 - Ataque a Medina pelos revoltosos árabes, repelido pela guarnição turca.

07 - Rendição de Forte Vaux (cerco desde 2 de junho). / O Xarife de Meca publica uma proclamação denunciando o Comité para a União e o Progresso e proclamando a independência de Hejaz.

08 - Bismarckburg (hoje Kasanga), na África Oriental Alemã, é ocupada por forças britânicas.

09 - Gidá capturada por forças árabes. / Início do araque alemão a Kondoa (até 10 de junho), na África Oriental Alemã.

10 - Termina a ofensiva austríaca no Tentrino (desde 15 de maio) com a vitória das forças italianas. / A guarnição turca de Meca rende-se ao Xarife de Meca. / Repelido o ataque alemão a Kondoa. / O serviço militar obrigatório é adotado na Nova Zelândia.

12 -  Kirman, na Pérsia, ocupada por forças britânicas. / Zalishchyky, na Galícia, tomada por forças russas.

13 - Terminou a Batalha de Monte Sorrel (desde 2 de junho), sem vantagem para nenhuma das partes.

16 - Início da contraofensiva italiana no Tentrino.

17 - Bucovina reocupada por forças russas.

19 - Handeni, na África Oriental Alemã, ocupado por forças britânicas.

21 - Rădăuți, na região de Bucovina, Roménia, ocupada por forças russas.

23 - Assalto alemão ao Forte Thiaumont, Verdun.

24 - Forças austríacas expulsas da região de Bucovina.

30 - Forte Thiaumont, Verdun, reconquistado pelas forças francesas.

Julho

01 - Início da Batalha do Somme (até 18 de novembro), Frente Ocidental, França. / Início da Batalha de Albert (até 13 de julho), no âmbito da Batalha do Somme. / Kirmanshah, na Pérsia, reocupada por forças turcas.

03 - Início da Ofensiva de Baranovichi (até 25 de julho), na Frente Oriental.

06 - David Lloyd George sucede a Lord Kitchener como Secretário de Estado para a Guerra no Governo britânico.

07 - Fim da contraofensiva italiana no Tentrino. / Forças britânicas ocupam Tanga, na África Oriental Alemã.

10 - Navio hospital russo Vpered afundado por um submarino no Mar Negro.

11 - A cidade britânica de Seaham é bombardeada a partir de um submarino alemão.

13 - Fim da Batalha de Albert (desde 1 de julho).

14 - Início da Batalha de Bazentin (até 17 de julho), no âmbito da Batalha do Somme. /  Forças britânicas ocupam Mwanza, na margem do Lago Victória, África Oriental Alemã.

15 - Início da Batalha de Delville Wood (até 3 de setembro), no âmbito da Batalha do Somme.

17 - Fim da Batalha de Bazentin (desde 14 de julho). Vitória britânica sobre as forças alemãs.

19 - Início da ofensiva turca contra o Canal de Suez.

23 - Início da Batalha de Pozieres (até 3 de setembro), no âmbito da Batalha do Somme.

25 - O Exército Sérvio, reconstituído, está pronto para entrar em ação na Frente da Macedónia.

30 - Primeiras operações aéreas executadas por uma força conjunta, franco-britânica, na Frente Ocidental.

31 - Forças britânicas tomam Kilimatinde, na África Oriental Alemã.

Agosto

03 - Forças belgas ocupam Ujiji, na África Oriental Alemã, na margem do Lago Tanganica. / Roger Casement é executado em Londres. / Início da Batalha de Romani (até 5 de agosto), na Península do Sinai.

05 - Fim da Batalha de Romani (desde 3 de agosto). Vitória das forças britânicas.

06 - Início da Sexta Batalha do Isonzo (até 17 de agosto), Norte de Itália.

08 - O Governo português decide alargar a cooperação militar ao teatro de operações europeu.

09 - Gorizia conquistada pelas forças italianas no âmbito da Sexta Batalha do Isonzo.

10 - Forças russas capturam novamente Stanislau (atualmente Ivano-Frankivsk).

11 - Forças britânicas ocupam Mpwapwa, na África Oriental Alemã.

12 - Tropas indianas juntam-se às forças dos Aliados em Salónica.

15 - Forças turcas reocupam Bitlis.

17 - Fim da Sexta Batalha do Isonzo (desde 6 de agosto). Vitória italiana. / Início da Batalha de Florina (até 28 de agosto), atualmente na Grécia. / O Governo romeno conclui um acordo com as Potências da Entente tendo em vista a sua intervenção na guerra. É assinada uma convenção militar em Bucareste.

22 - Forças britânicas tomam Kilosa, na África Oriental Alemã.

24 - Forças russas tomam novamente Bitlis.

26 - Forças britânicas tomam Morogoro, na África Oriental Alemã.

27 - Governo da Roménia ordena a mobilização geral e declara guerra à Áustria-Hungria. / Início da Batalha da Transilvânia (até 25 de outubro). Invasão da Transilvânia, então pertencente à Hungria (Império Áustro-Húngaro) pelas forças romenas.

28 - Fim da Batalha de Florina (desde 17 de agosto). Vitória limitada das forças búlgaras. / A Alemanha declara guerra à Roménia. / A itália declara guerra à Alemanha. / General Stanley Maude sucede ao General Percy Lake como comandante-em-chefe das forças britânicas na Mesopotâmia.

29 - Forças romenas ocupam Brașov, no âmbito da Batalha da Transilvânia. / Forças britânicas tomam Iringa, na África Oriental Alemã. / O Generalfeldmarschall Paul von Hindenburg substitui o General Erich von Falkenhayn no cargo de Chefe do Estado-Maior do Exército alemão.

30 - A Roménia corta relações diplomáticas com a Bulgária.

Setembro

01 - A Bulgária declara guerra à Roménia. / Forças romenas tomam Sibiu, na Transilvânia. / A Rússia e o Reino Unido concluem um acordo sobre uma futura partilha da Ásia Menor.

02 - Forças alemãs e búlgaras invadem Dobrudja, então pertencente à Roménia. / Ataque aéreo alemão executado sobre Londres e outras partes da Grã-Bretanha, com uma frota de catorze dirigíveis. / os navios alemães ancorados no porto de Pireu são aprisionados pelos Aliados.

03 - Início da Batalha de Guillemont (até 6 de setembro), no âmbito da Batalha do Somme. / Termina a Batalha de Delville Wood (desde 15 de julho). Vitória das forças britânicas sobre as forças alemãs. / Termina a Batalha de Pozieres (desde 23 de julho). Vitória das forças britânicas sobre as forças alemãs.

04 - Forças britânicas tomam Dar es Salaam, na África Oriental Alemã.

06 - Termina a Batalha de Guillemont (desde 3 de setembro). Vitória das forças britânicas sobre as forças alemãs. / Forças búlgaras ocupam Tutrakan, na Dobruja.

09 - Batalha de Ginchy, no âmbito da Batalha do Somme.

10 - Forças alemãs e búlgaras tomam Silistra, na Dobruja.

12 - Início da Ofensiva de Monastir (até 11 de dezembro), parte da Campanha de Salónica.

14 - Início da Sétima Batalha do Isonzo (até 18 de setembro).

15 - Início da Batalha de Flers–Courcelette (até 22 de setembro), no âmbito da Batalha do Somme.

17 - Forças navais britânicas ocupam Lindi, na costa da África Oriental Alemã.

18 - Fim da Sétima Batalha do Isonzo (desde 14 de setembro), sem resultados conclusivos. / O IV Corpo de Exército grego, em Cavala, rende-se voluntariamente às forças alemãs.

19 - Forças belgas ocupam Tabora, na África Oriental Alemã.

20 - Governo da Albânia estabelece-se em Salónica.

22 - Fim da Batalha de Flers–Courcelette (desde 15 de setembro). Vitória britânica sobre as forças alemãs. / Guarnição turca de Taif rende-se às forças árabes.

23 - Ataque aéreo a Londres e costa leste de Inglaterra efetuado por dirigíveis alemães.

24 - Aviões franceses bombardeiam fábricas da Krupp em Essen.

25 - Início da Batalha de Morval (até 28 de setembro), no âmbito da Batalha do Somme.

26 - Início da Batalha de Thiepval Ridge (até 28 de setembro), no âmbito da Batalha do Somme. / Início da Batalha de Nagyszeben (até 29 de setembro), no âmbito da Batalha da Transilvânia.

28 - Fim da Batalha de Thiepval Ridge (desde 26 de setembro). Vitória britânica sobre as forças alemãs. / Fim da

29 - Fim da Batalha de Nagyszeben (desde 26 de setembro). Vitória decisiva das Potências Centrais sobre a Roménia.

Outubro

01 - Início da Batalha de Le Transloy (até 18 de outubro), no âmbito da Batalha do Somme. / Início da Batalha da  Colina de Ancre (até 11 de novembro), no âmbito da Batalha do Somme. / Destruído o dirigível alemão, perto de Londres.

07 - Início da Batalha de Brassó (até 9 de outubro), no âmbito da Batalha da Transilvânia.

08 - O submarino alemão U-53 catura e destrói cinco navios ao largo de Newport, EUA.

09 - Fim da Batalha de Brassó (desde 7 de outubro). Vitória das forças das Potências Centrais sobre as forças da Rpménia.

10 - Início da Oitava Batalha do Isonzo (até 12 de outubro). / Os Governos da Entente enviam um ultimato ao Governo grego exigindo a rendição da frota grega.

11 - O Governo grego aceita as exigências do ultimato dos Governos da Entente.

12 - Fim da Oitava Batalha do Isonzo (desde 10 de outubro), sem serem atingidos os objetivos dos italianos.

14 - Forças alemãs atravessam a fronteira entre a Transilvânia e a Roménia.

18 - Fim da Batalha de Le Transloy (desde 1 de outubro), com resultados indecisivos.

20 - Conferência anglo-francesa, em Calais, para discussão da participação da Grécia na guerra.

24 - Franceses recapturam Forte Douaumont, Verdun.

29 - O Xarife de Meca é proclamado Rei dos Árabes.

31 - Início da Nona Batalha do Isonzo (até 4 de novembro).

Novembro

01 - Os franceses recapturam Forte Vaux, Verdun.

04 - Fim da Nona Batalha do Isonzo (desde 31 de outubro). Os italianos conseguiram avanços limitados. / Coroação do Rei dos Árabes, em Meca.

05 - A Alemanha e a Áustria-Hungria proclamam o Estado Independente da Polónia.

06 - Forças de Ali Dinar, ex sultão do Darfur, derrotadas por forças do Sudão. Morte de Ali Dinar.

07 - Thomas Woodrow Wilson reeleito Presidente dos Estados Unidos da América.

11 - Fim da Batalha da Colina de Ancre (desde 1 de outubro). Vitória dos britânicos e franceses sobre os alemães.  

12 - Xiraz, na Pérsia, ocupada por forças britânicas.

13 - Início da Batalha do Ancre (até 18 de novembro), no âmbito da Batalha do Somme.

15 - Início do avanço das forças britânicas no Sinai.

18 - Fim da Batalha do Ancre (desde 13 de novembro). Vitória britânica sobre as forças alemãs. / Fim da Batalha do Somme (desde 1 de julho). Os britânicos conseguiram um avanço de quase 10 Km numa frente de 26 Km.

19 - Forças aliadas capturam Monastir, hoje chamada Bitola e pertencente à Macedónia do Norte. / O presidente Wilson dos EUA envia uma nota a todos os Estados em guerra, propondo que se tente encontrar um meio de pôr fim ao conflito.

21 - Forças alemãs apoderam-se de Craiova, na Roménia. / Arthur Zimmermann é nomeado Ministro dos Negócios Estrangeiros da Alemanha. / Morre o Imperador Francisco José da Áustria (1830-1916). Sucedeu-lhe o seu sobrinho-neto, o Arquiduque Carlos. / O navio hospital britânico Britannic foi torpedeado no Mar Egeu.

23 - O Governo Provisório Grego, chefiado por Elefthérios Venizélos, sediado em Salónica, declara guerra à Alemanha e à Bulgária. / As forças alemãs e austríacas sob comando do General alemão August von Mackensen (1849-1945) atravessaram o Danúbio perto de Zimnicea, Roménia. / O piloto alemão Manfred Albrecht Freiherr von Richthofen, conhecido como o Barão Vermelho, abateu, sobre a Frente Ocidental, o avião do Major britânico Lanoe George Hawker (1890-1916).

25 - As forças aéreas alemãs estabelecem-se como um ramo separado do exército. / Governo romeno começa a evacuar Bucareste para a cidade de Jassy, mais a norte. / O submarino alemão U-52 afundou, ao largo de Lisboa, o couraçado francês Suffren. Não houve sobreviventes.

26 - Segundo ataque naval alemão a Lowestoft, Grã-Bretanha.

27 - Ataque aéreo alemão na costa leste da Grã-Bretanha com 27 zeppelins. Foram lançadas mais de 200 bombas. Foram abatidos dois dos dirigíveis atacantes.

28 - Primeiro ataque aéreo alemão, diurno, sobre Londres. Um hidroavião alemão lançou seis bombas sobre Kensington. Foi a primeira vez que Londres foi atacada por um avião e não zeppelins.

29 - O Almirante David Richard Beatty é nomeado comandante da Grand Fleet em substituição do Almirante Sir John Rushworth Jellicoe.

30 - Tropas dos Aliados desembarcam no Pireu (Atenas).

Dezembro

01 - Início da Batalha de Argeș (até 3 de dezembro), na Roménia. / O Governo da Roménia  estabelece-se em Jassy. / Após conflitos com as forças gregas, as forças da Entente retiram de Atenas e do Pireu. / Fuzilados os soldados britânicos Albert Ingham e Alfred Longshaw, por deserção.

02 - O Primeiro Ministro russo anuncia que os Aliados reconheceram os direitos da Rússia sobre Constantinopla e os Estreitos de Dardanelos e do Bósforo.

03 - Um submarino alemão bombardeia o Funchal, Madeira. / O Almirante Sir Henry Jackson, First Sea Lord, demite-se. / Fim da Batalha de Argeș. Vitória das Potências Centrais sobre as forças da Roménia e da Rússia.

04 - O Almirante  britânico Sir John Jellicoe é nomeado First Sea Lord. / O Primeiro Ministro britânico, Herbert Henry Asquith, demite-se.

05 -  Para evitar que o petróleo dos campos petrolíferos romenos caísse em mãos austro-húngaras, o Tenente-coronel de Engenharia Sir John Norton-Griffiths organizou um acto de sabotagem fazendo explodir ou derramendo dos seus depósitos mais de 800.000 toneladas de petróleo.

06 - As tropas alemãs entram em Bucareste. / Em Salonica, as forças gregas pró-Entente, sob a direção de Elefthérios Venizélos (1864-1936), instalam um governo provisório e declaram guerra à Alemanha e à Bulgária. / Massacre dos apoiantes de Venizelos, em Atenas. / Britânicos ocupam a ilha de Siros, a fim de garantirem o controlo dos cabos de telegrafia do Mediterrâneo oriental. / Na Grã Bretanha, o Primeiro Ministro Herbert Henry Asquith (1852-1928) foi substituído por David Lloyd George (1863-1945).

07 - David Lloyd George sucede a Herbert Asquith como Primeiro Ministro do Reino Unido.

08 - As Potências da Entente iniciam o bloqueio da Grécia.

11 - Fim da Ofensiva Monastir (desde 12 de setembro). Vitória limitada das forças aliadas. / Os Aliados exigem à Grécia a completa desmobilização.

12 - Os Govenos da Áustria-Hungria, Alemanha, Bulgária e Turquia apresentaram aos embaixadores dos EUA notas idênticas declarando solicitando que fossem informados os Governos da Entente que as quatro Potências Centrais estavam prontas para negociar a paz.

14 - As Potências da Entente enviam um ultimato à Grécia: exigida a retirada de todas as forças gregas da região da Tessália.

15 - O Governo Grego aceita o ultimato dos Aliados. / O Governo britânico reconhece o Rei dos Árabes como Rei de Hejaz. / Os franceses lançam um ataque massivo aos territórios dominados pelos alemães em torno de Verdun. A linha da frente avança quase para onde estava nove meses antes.

17 - O Governo grego emite um mandato de prisão de Venizelos, acusando-o de alta traição.

18 - Termina a Batalha de Verdun (desde 21 de fevereiro). / O Presidente Wilson (dos EUA) envia uma nota às Potências da Entente sugerindo o início de conversações para a paz.

19 - O Governo britânico decide reconhecer o Governo de Venizelos.

21 - Forças britânicas ocupam El-Arish, no Sinai.

22 - Formados três novos ministérios no Governo do Reino Unido:  da Alimentação, das Pensões e da Navegação.

23 - Batalha de Magdhaba, no Sinai. Vitória das forças britânicas (Reino Unido, Índia, Austrália e Nova Zelândia) sobre as forças turcas.

26 - Os Governos da Alemanha, Áustria-Hungria e Turquia enviam uma nota ao Governo dos EUA, em resposta às propostas do Presidente Wilson (18 de dezembro) sugerindo imediata reunião de delegados. / É realizada uma conferência anglo-francesa em Londres para discutir as notas da Alemanha e dos EUA relativas à paz, a situação na Grécia, a expedição a Salónica e a divisão dos setores na Frente Ocidental. / O General Joffre é agraciado com o título de Marechal de França.

27 - Os Governos francês e britânico estabelecem um acordo relativo à administração da Togolândia. / Um submarino alemão afundou o couraçado francês Gaulois no Mar Egeu.

30 - Os Governos da Entente rejeitam as propostas de paz da Alemanha. / Os Governos britânicos e chinês estabelecem um acordo para o emprego de mão-de-obra chinesa em França.

31 - Termina a campanha das forças do Sudão no Darfur. / Rasputin assassinado em Petrogrado.

Bibliografia

  • AUDOIN-ROUZEAU, Stéphane & BECKER, Jean-Jacques (Direção), Encyclopédie de la Grande Guerre 1914-1918, 2004, Bayard, França.
  • BERNARD, Vincent, Petite Chronologie de la Grande Guerre, © 2014, Éditions Sud Ouest, France, ISBN 978-281-770-361-9.
  • GILBERT, Martin, A Primeira Guerra Mundial, A Esfera dos Livros, Lisboa, 2007.
  • POPE, Stephen & WHEAL, Elizabeth-Anne, Dictionary of the First World War, 2003, Pen & Sword Military Classics, Great Britain.
  • History of the Great War, based on official documents - Principal Events 1914-1918, © 1922, compiled by the Historical Section of the Committee of Imperial Defense, London.

 

Torres Vedras, 2 de abril de 2024

Manuel F. V. G. Mourão